O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes

Uma das coisas que eu mais falo para as pessoas que vem conversar comigo no Instagram é sobre a importância de atrair novos clientes através da criação de conteúdo relevante. A produção de conteúdo é uma das estratégias utilizadas no inbound marketing.

O inbound marketing – ou marketing de atração – é um conjunto de técnicas que tem como objetivo atrair o seu cliente através da produção de conteúdos relevantes em vez de ir atrás deles e tentar empurrar produtos.

17 08 O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes - O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes

Inbound marketing X outbound marketing

O outbound marketing é o marketing tradicional que já conhecemos. Nesse formato é a empresa que vai atrás dos clientes, e não o contrário.

No outbound marketing as principais estratégias são feitas através da veiculação de anúncios em mídias online (blogs e redes sociais) e offline (TV e rádio). Suas características envolvem uma comunicação unilateral, interrupção constante (os anúncios aparecem muitas vezes contra a nossa vontade, um exemplo disso são os comerciais do Youtube, que aparecem antes, durante ou até mesmo depois de determinados vídeos) e menor engajamento, visto que o anúncio terá pouco efeito sobre o consumidor se o produto mostrado não for algo que interesse a ele.

Já o inbound marketing é conhecido como novo marketing. Nesse modelo a principal função é fazer com que o cliente seja atraído pela marca usando majoritariamente estratégias de criação de conteúdo.

Aplicar estratégias de inbound marketing te ajudará a:

  • Aumentar a visibilidade da sua marca;
  • Diminuir o custo para atrair novos clientes;
  • Atrair clientes em potencial;
  • Gerar conteúdos relevantes que agreguem em algo na vida de quem está consumindo;
  • Otimizar o seu processo de vendas.

Como o inbound marketing funciona

17 08 O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes 1 - O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes

A principal função do inbound marketing é transformar um visitante em cliente. Para isso o funil de vendas é muito utilizado, apontando exatamente o momento em que o visitante se encontra.

O marketing de atração é dividido em quatro etapas: atrair, converter, vender e encantar. Falarei de cada uma separadamente.

+ Sugestão de leitura: Funil de Vendas: o que é e qual a importância dele para o seu negócio

Atração

A atração é o início do processo. O objetivo é atrair visitantes. Mas não qualquer visitante, os visitantes certos. Aqueles que possuem alguma chance de se tornarem nossos clientes.

Por ser movida a conteúdo, na fase da atração é justamente onde focamos mais na produção de conteúdo relevante. Dessa forma nossos futuros clientes entram no funil e iniciam a jornada.

As principais formas de atrair visitantes são: blog, redes sociais, site e estratégias de SEO.

+ Sugestão de leitura: Por que entender a jornada do consumidor te ajudará a fazer vendas mais consistentes

Conversão

Depois de atrair visitantes para seu blog, site ou rede social, está na hora de convertê-los em clientes em potencial, também conhecido como leads. Mas como fazer isso?

Sabe quando você entra no site de determinada loja e logo de cara dispara uma pop up pedindo seu e-mail em troca de um cupom de desconto? Essa é uma estratégia que a loja usou para te converter em lead.

As principais formas de atrair leads são através de CTA (call to action ou chamada para ação) e landing pages. Em ambos os casos você deve oferecer algum benefício que faça a pessoa querer deixar o e-mail.

Venda

É importante lembrar que só captar o e-mail da pessoa não serve para nada. Você precisa investir em relacionamento, caso contrário quando você aparecer com uma oferta de venda o lead poderá nem lembrar de você e te marcar como spam. Lembre-se que investir em relacionamento não significa encher a caixa do seu cliente em potencial de e-mails, você precisa ponderar.

Não existe uma quantidade certa de e-mails para enviar, você precisa ver qual estratégia é melhor para o seu negócio: algumas lojas mandam um por dia, outras de 2 a 3 e-mails por semana, outras enviam apenas uma vez por semana… Tudo depende do que você tem a oferecer. Porém é importante manter pelo menos um contato semanal com o seu lead para que ele se lembre de você.

O e-mail marketing aliado com uma boa ferramenta de automação podem te ajudar nessa etapa.

Encantamento

Quando você chega nessa parte é sinal de que o seu objetivo principal – a venda –  foi alcançado. Porém o encantamento é fundamental para fidelizar os clientes que compraram de você, afinal você quer que eles te indiquem e voltem, certo?

Muita gente ainda negligencia essa etapa, porém é essencial oferecer um bom pós-venda para seus clientes. Você não precisa fazer nada muito elaborado, o simples fato de enviar um brinde, um cupom de retorno e um e-mail pedindo para avaliar a compra já podem ser considerados um bom pós-venda.

Além disso, não se esqueça de manter o relacionamento com quem já comprou de você. Isso pode ser feito através do envio de newsletters, por exemplo. Você também pode criar campanhas de venda exclusivas para quem já comprou de você, enviando um desconto ou brinde especial.

Como eu sei se a minha campanha de inbound marketing está dando certo?

17 08 O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes 2 - O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes

Para saber como andam suas campanhas de inbound marketing você precisa analisar suas métricas frequentemente. Uma coisa importantíssima (e dura) a ser dita: seguidores e curtidas no Instagram não são métricas importantes, e muitas vezes não servem para nada a não ser inflar seu ego.

Existem várias métricas que você pode analisar, e isso depende de negócio para negócio, mas vou citar três muito comuns:

  • ROI: é o retorno sobre o seu investimento. Do valor investido na campanha, quanto voltou para você? Essa é a melhor forma de saber se você está tendo lucro ou prejuízo. Para calcular o ROI você precisa apenas somar todos os investimentos feitos na campanha e comparar com o resultado final.
  • Taxa de conversão: das pessoas que visitaram o seu site recentemente, quantas se tornaram leads? E dos leads que você conquistou, quantos deles realizaram uma compra?
  • NPS (Net Promotion Score): essa métrica avalia o nível de satisfação dos clientes com o seu produto ou serviço. Lembra que eu falei para perguntar sobre a experiência do cliente no pós-venda? Pois é, a resposta dele te ajudará a avaliar isso e ver o que precisa ser melhorado.

Preciso trabalhar apenas com tráfego orgânico?

17 08 O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes 3 - O que é inbound marketing e como ele pode te ajudar a atrair clientes

Apesar de existir uma certa controvérsia sobre esse assunto (algumas pessoas acreditam que você pode usar tráfego pago na estratégia de inbound e outras não), se você fizer um anúncio direcionado para o público certo e no momento certo, ele poderá ser um grande aliado a sua estratégia de inbound marketing, principalmente na fase da atração.

Um anúncio bem feito levará pessoas para sua página, porém o conteúdo postado fará a pessoa decidir se quer ou não ficar.

Existem várias formas de se trabalhar com tráfego pago, mas as três mais utilizadas atualmente são:

  • Anúncios de pesquisa: basicamente você cria uma conta no Google Ads e compra palavras-chave para que seus anúncios apareçam no topo das buscas quando alguém procurar pelas palavras-chave que você comprou.
  • Anúncios de display: esses anúncios são aqueles banners que aparecem quando você acessa outros sites (geralmente parceiros do Google).
  • Facebook Ads: os anúncios configurados no Facebook Ads podem ser exibidos tanto no Facebook, quanto no Instagram, fazendo com que você consiga alcançar um grande público. Os anúncios do Facebook ads podem ser segmentados por interesse, público, comportamento, etc.

Não podemos negar que depender apenas do alcance orgânico é postergar resultados, portanto é importante alinhar uma estratégia de conteúdo a outra de anúncios, de forma que ambas se complementem. Uma boa estratégia de tráfego pago pode sim te gerar crescimento e vendas de forma mais rápida, porém você precisa estudar bem antes de aplicar, pois uma estratégia mal executada pode te fazer perder dinheiro em vez de ganhar.

Pensando em tudo isso, no Curso Virei Minha Chefe você tem acesso a um módulo completíssimo sobre tráfego pago voltado para e-commerce, com 30 aulas. Tudo isso pensado para que sua loja alcance cada vez mais gente e tenha cada vez mais clientes. Você pode conhecer mais sobre o curso clicando aqui.

Receba todas as nossas novidades em primeira mão. Inscreva-se na nossa newsletter!

Fique tranquila, seus dados estarão seguros com a gente, além disso odiamos spam tanto quanto você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *